Packet Node da ARLC

O Packet Radio no Século XXI

Bem vindo ao Packet Node/BBS da ARLC!

Esperamos que tenha uma agradável experiência e contribua para dinamizar este grupo de rádio-amadores assim como o packet radio e o AX.25, tecnologia que suportam este projecto.

Um pouco de história…

O radio packet foi desenvolvido por rádio amadores do Canadá em 1978. Utiliza protocolos de comunicação AX.25 em todo idêntico ao actual X.25 que usamos hoje em dia para acedermos à informação na Internet ou através de uma rede wireless.

Este protocolo permite a comunicação sem erros e múltiplas ligações na mesma frequência. A comunicação faz-se ponto a ponto ou através de Nodes e Digipeaters intermédios.
Através destes é possível ligar grandes distâncias e aceder remotamente a BBS noutros países.

Este modo é utilizado sobretudo em comunicações VHF e UHF, tendo sido substituído aos poucos em HF por outros modos com melhor performance ou menores larguras de banda de acordo com o interesse e objectivos da comunidade radioamadoristica.

Utilizado também nas comunicações satélite, aguarda-se nesta data que a estação espacial internacional – ISS, repare e disponibilize o seu equipamento de rádio e de packet.

Referências:
https://en.wikipedia.org/wiki/Packet_radio

A rede

Na ARLC quisemos trazer das memórias estas tecnologias e voltar a ligar os velhinhos TNC, alguns com mais de 20 anos e, integrá-la com as mais recentes, com o sonho de vir a ligar comunidades portuguesas por todo o mundo, a iniciar pelo continente e ilhas.

Gostaríamos de criar uma rede de packet em VHF, UHF e eventualmente em HF, com links entre Nodes em UDP por AX.25 pela Internet, como forma chegar a todo o mundo, de disponibilizar mais informação, mais rapidamente e oferecer ao rádio-amador o acesso ao Node ou BBS mais próximo por packet radio.

Convidamos todas as Associações e Rádio-Amadores a fazerem parte deste projecto e a implementarem os nodes nas suas Sedes ou estações.

Para tal e apesar deste manual ser apenas um manual de utilização para o amador, estamos ao vosso dispor para contribuir com os nossos conhecimentos, software e ficheiros de configuração que nos levaram horas a compreender e parametrizar e deste modo pôr o vosso node no ar em muito pouco tempo!

Actualmente a ARLC dispõe de um servidor a correr ubuntu linux, com AX.25 nativo no seu kernel através do software linBPQ (versão linux do BPQ32), com 4 ports de ligação,

  • 1 – AX25_2m_1k2 – em VHF na frequência de 144,900 MHz
  • 2 – AX/IP/UDP – ligação UDP em AX.25 para ligação entre nodes e BBS
  • 3 – Telnet Server – ligação telnet ao servidor, através de qualquer cliente Telnet em computador ou mobile acessível pelo comando: telnet node.arlc.pt 8010
  • 4 – AX25_70cm_9k6 – em UHF na frequência de 432,500 MHz

Está previsto uma ligação a 300 bauds em HF se houver interesse de outros associados.
Há que monitorizar frequências e perceber se este modo ainda se encontra activo em HF.

A ligação e testes podem ainda ser feitos através da página web do servidor linBPQ pelo endereço http://node.arlc.pt:9123 – aos interessados solicitem o registo de indicativo e senha, para usufruirem de todas as funcionalidades…

O sistema oferece, a ligação à rede no port 1 em VHF, no port 4 em UHF ou por telnet e disponibiliza os seguintes serviços,

a) Node e Digipeater – para ligação a outros nodes e sistemas, por qualquer uma das portas, com cobertura global
b) BBS (Bulletin Bord System) – para troca de mensagens entre amadores na rede
c) Chat – sala de chat para QSO entre diversos utilizadores
d) APRS – com beacon, escuta e informação de outras estações via rádio
e) WINLINK – a integração de mensagens e e-mails com entrega nas pBBS pessoais a quem disponha de um TNC
f) RMS – (em breve)
g) DX Cluster – um “must” com a informação em tempo real de contactos HF para quem gosta de fazer DX ligado ao CS5SEL-5. E, logo que possível criar um novo DX Cluster ao projecto do nosso colega Felipe Ceglia, PY1NB com os spots da rede de RBN (Rede de Beacons Reversos) filtrados para Portugal. Ver, http://www.arlc.pt/dx-cluster-da-arlc/

 

Fazem parte deste projecto as Associações, Entidades e Amadores que de algum modo disponibilizam idêntica tecnologia ou a prestação de serviços, como o DX Cluster, aos seus parceiros.

Esta lista está em actualização constante e agradece-se o contributo de todos para a manter actualizada.

Encontram-se na rede,

CS5CEP – AMRAD (Associação Portuguesa de Amadores de Rádio para a Investigação Educação e Desenvolvimento) a funcionar no Instituto Superior Técnico em Oeiras, Porto Salvo; https://www.amrad.pt
CS5SEL – NRISEL, Núcleo de Radioamadorismo do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa; http://www.hamradio.isel.ipl.pt

 

Agradecimentos

Foram muitas horas, muitas tardes e noites preenchidas com a configuração de um servidor, a correr um host e diversas máquinas virtuais para este e outros projectos, a configurar a “maldita” RAID que teimava em nos complicar a vida, onde foram muito úteis os estudos iniciais e o contributo nas diversas vezes que destruímos a RAID e tivemos de voltar a configurar o host, do nosso amigo João Trindade, conhecido pela sua perseverança e teimosia 😉

Do Renato Encarnação, CS7ABR, pelos conhecimentos transversais de comunicações e informática, paciência e pela sua dinâmica,

À Direcção que apoiou logo desde o início e participou com os investimentos necessários para que a sua realização fosse possível e,

Eu que vos escrevo, Ricardo Oitavén, CT1EBQ, que humildemente vos agradeço por me terem aceite no grupo após 20 anos de ausência, que lancei a ideia e fiz as primeiras configurações que serviram de motivação a estes amigos.

A todos, Bem Hajam e espero ter-vos em breve noutros projectos – foi um prazer e uma honra trabalhar convosco!